Wanderlei Silva pode lutar boxe sem luvas contra Mike Tyson

Considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos, Mike Tyson está atualmente com 53 anos e tem chamado a atenção com o seu físico após retornar aos treinos com o brasileiro Rafael Cordeiro, umas das lendas da preparação de campeões de MMA desde os tempos da academia Chute Boxe em Curitiba. E em meio a rumores de uma volta aos ringues vem justamente de Curitiba o seu possível adversário: a lenda do MMA Wanderlei Silva.

A notícia vem de uma organização de boxe sem luvas chamado Bare Knuckle Fighting Championship, que ofereceu US$ 20 millhões, cerca de R$ 108,8 milhões em cotação atual, para Mike Tyson fazer uma luta na organização.

Com isso, começaram a surgir boatos de quem seria o adversário de Tyson nesse eventual retorno. Mike Tyson tem um cartel com 58 lutas na carreira, sendo 50 vitórias (sendo 44 por nocaute), seis derrotas e mais duas lutas sem resultado. o ex-campeão peso pesado não entra no ringue desde 2005, quando foi nocauteado por Kevin McBride.

Os rumores de uma luta contra Wanderlei Silva começaram após o próprio brasileiro dizer em entrevistas que recebeu um convite para esse combate, dizendo até mesmo os valores que receberia para entrar em ação:

– “Parece que ofereceram 20 milhões para o cara, então pedi a metade. Disseram, ‘Por 10 milhões você faz?’ Poxa, 10 e uma pequena porcentagem do pay per view, né… Isso aí, os caras fazem essa oferta baseada em estudo, os caras não são loucos. Fazem estudo de mercado e veem a possibilidade de venda, e essa é uma luta que pode se pagar em sabe-se lá quantas vezes.

Embora esse encontro não esteja confirmado e portanto não tenha nem data nem local para acontecer,  a simples cogitação do combate já gera polêmica justamente por conta de Rafael Cordeiro. Wanderlei Silva falou sobre isso ao site do Canal Combate:

– “Eu acho que treinar ele, tudo bem, mas não ia gostar se o mestre ficasse no córner dele. Eu não ia conseguir lutar com o mestre no córner do adversário, ia ser uma coisa muito difícil. O mestre está treinando ele porque eu estava sem luta, mas tomara que o mestre não quebre meu coração, tenho certeza que ele ia querer ficar comigo!”.

As opções para adversário de Mike Tyson ainda estão em aberto, e uma luta contra Evander Hollyfield não está completamente descartada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *