UFC sofre com casos de Covid-19

O UFC foi um dos primeiros eventos esportivos do mundo a retornar em meio à pandemia do novo Coronavírus que paralisou o mundo em 2020. Porém, mesmo seguindo rígidos protocolos a companhia não está livre de imprevistos e perdeu dois atletas antes do evento realizado em Las Vegas no último sábado por testarem positivo para a Covid-19, além de sete pessoas infectadas entre os funcionários que trabalhavam na organização do evento.

Vale lembrar que o jornalista norte-americano Kevin Iole afirmou que apenas um desses funcionários do UFC realmente testou positivo para a Covid-19, com as outras seis pessoas sendo afastadas preventivamente após terem contato com o funcionário infectado com o Sars-Cov-2.

Essa não é uma situação nova para o UFC, já que desde que retornou da pausa o evento mesmo trabalhando sem público já teve atletas infectados e teve que remarcar combates. Foi o caso, por exemplo, do brasileiro Gilbert Durinho que perdeu a chance de disputar o cinturão peso meio-médio  após testar positivo para a Covid-19 durante a preparação para o combate. Ronaldo Jacaré foi outro que não pode lutar por testar positivo.

Para o evento do último sábado realizado em Las Vegas o primeiro a ser impedido de lutar por conta de um teste positivo para a Covid-19 foi Mark Striegl, que teve que deixar a luta contra Timur Valiev. Porém, a grande baixa veio com a confirmação de que Ovince st-Preux também não poderia lutar e o evento perderia a sua segunda luta mais importante.

Dana White falou sobre os problemas e como sua equipe se superou para resolver todos e realizar o evento:

– “Essa foi provavelmente a semana mais louca que tivemos desde que tudo começou. E não foi só isso. Tenho que elogiar a equipe de produção nesta noite. Perdemos sete pessoas na produção também. Tem sido uma semana louca para nós, e todos entregaram o produto final. E os lutadores continuam se desdobrando, a equipe de produção intensificou o trabalho nesta noite. Esses são tempos loucos. Os matchmakers estão marcando lutas no dia da pesagem.”

Esperando menos emoções fora do octógono o UFC continua em Las Vegas para mais um evento de sua série Fight Night com Anthony Smith e Aleksandar Rakic se enfrentando pelo peso meio-pesado no combate principal da noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *