Jon Jones

UFC retira o cinturão de Jon Jones

A polêmica trajetória de Jon Jones dentro do UFC teve mais um capítulo nessa terça-feira após a atualização semanal do ranking da maior organização de MMA do mundo. O que já era esperado finalmente aconteceu e o Ultimate retirou o cinturão de Jon Jones, que não é mais o campeão da categoria dos meio-pesados, até 93 kg.

A relação de Jon Jones com o UFC já não vinha sendo boa há algum tempo, e havia prometido não lutar mais até o Ultimate lhe pagasse um valor que considerasse justo. Além disso, havia dado entrevistas tentando conseguir melhorias para a nova geração de lutadores de MMA:

– “Se eu tiver uma relação ruim com o Dana e ficar de fora por dois ou três anos para jogar luz sobre o que está acontecendo… São coisas que serão mais lembradas pelas pessoas do que conquistar cinturões. Eu defendo os lutadores mais jovens. Se virou algo pessoal, eu preferiria trabalhar para uma empresa que eu me sinta voltando para casa. Estou em casa quando vou trabalhar. Meu relacionamento com o staff do UFC é ótimo, mas dá uma sensação esquisita quando você sente que não te querem mais lá”.

A confusão entre Jon Jones e o UFC começou quando a organização se negou a pagar um bom valor de bolsa para que ele subisse de categoria e fizesse uma super luta contra Francis Ngannou.

Isso levou o lutador a abrir mão do cinturão no meio do mês de agosto, fato que agora foi mesmo confirmado pela companhia. Apesar de tudo isso a tendência é que Jones suba para o peso-pesado e não deixe a organização.

Jon Jones chegou ao título do UFC pela primeira vez em 2011 após vencer o brasileiro Mauricio Shogun na disputa do cinturão. Conseguiu bater o recorde de 8 defesas de título com sucesso de Tito Ortiz mas acabou tendo o cinturão retirado em 2015 por problemas pessoais.

Em 2017 Jon Jones recuperou o seu título mas teve o cinturão retirado novamente após ser pego no exame antidoping. O norte-americano de 33 anos reconquistou o título um ano depois após derrotar Alexander Gustafsson em disputa do cinturão que estava vago após Daniel Cormier subir de divisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *