Rafael dos Anjos enfrenta Michael Chiesa em janeiro

O brasileiro Rafael dos Anjos ainda é um dos principais nomes do país no UFC, mas precisa desesperadamente mostrar que ainda tem lenha para queimar e que pode reverter a sua situação ruim no peso meio-médio atualmente. Porém, terá um adversário indigesto para isso, enfrentando Michael Chiesa no UFC Fight Night 166 que será realizado na Carolina do Norte no mês de janeiro, no dia 25.

Rafael dos Anjos mudou para o peso meio-médio após perder o cinturão dos leves para Eddie Alvarez e amargar a segunda derrota consecutiva, contra Tony Ferguson. Teve um ótimo início vencendo nada menos do que três lutas consecutivas, contra Tarec Saffiedine, Neil Magny e Robbie Lawler, mas entrou em uma fase ruim justamente na luta mais importante, contra Colby Covington em luta valendo o cinturão interino da categoria.

Agora, terá pela frente o campeão do The Ultimate Fighter Live Michael Chiesa, que vem de duas vitórias consecutivas contra Carlos Condit e Diego Sanzhez, que se mostra bastante animado com a chance de finalmente encarar um adversário bem ranqueado na categoria:

– “Estou finalmente na posição que eu queria há muito tempo. Eu vou enfrentar o Rafael dos Anjos. Ele é um top 5 de verdade. Eu sempre quis estar lá. E isso não poderia acontecer em um momento melhor. Estou com 31 anos, quase 32, estou no meu auge. Tudo está funcionando, meu camp está bom, minha vida pessoal está boa, minha vida social está ótima, tudo está perfeito agora, então não há hora melhor para esta luta do que agora”.

O norte-americano tenta entrar de vez no grupo de desafiantes ao cinturão, mas apesar de ter muito respeito pelo brasileiro acredita que essa não seria a luta mais difícil de sua carreira:

– “O cara mais perigoso, sim, mas não a luta mais perigosa. Uma luta perigosa é quando você perdeu suas duas últimas lutas e então vai enfrentar o Carlos Condit. O que, para mim, é uma luta perigosa porque é como viver ou morrer, tem a pressão, a necessidade de vencer e manter seu trabalho, ou perder e talvez ser cortado. Isso é uma luta perigosa. Ele é um dos caras mais perigosos? Sim, 100%. Mas, como eu disse, a pressão não existe, e é quando eu luto no meu melhor”.

O UFC Fight Night 166 irá acontecer no dia 25 de janeiro na Carolina do Norte e terá como combate principal da noite o encontro entre Júnior Cigano e Curtis Blaydes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *