Gilbert Durinho pode ser o primeiro brasileiro campeão no peso meio-médio

O Brasil foi muito importante para a criação e popularização do UFC, maior evento de MMA do mundo. Criado por Rorion Gracie em 1993 o evento já teve nada menos do que 16 atletas que nasceram no país conquistando o cinturão de uma das categorias de peso, e quase todas as divisões já tiveram um atleta brasileiro campeão. Uma das exceções é o peso meio-médio, mas isso pode mudar já na próxima edição, já que o UFC 251 na Ilha da Luta em Abu Dhabi colocará Gilbert Durinho em ação contra Kamaru Usman, atual campeão da categoria.

Ironicamente, a divisão dos meio-médios foi criada em 1998 e teve no Brasil a sua primeira disputa de cinturão, com Pat Miletich conquistando o cinturão inicial ao bater Mikey Burnett no Ginásio da Portuguesa em São Paulo. E mais ironicamente ainda Miletich defendeu com sucesso o cinturão nas duas primeiras vezes contra brasileiros, tendo vencido Jorge Patino “Macaco” no UFC 18 e o atual treinador de José Aldo, Dedé Pederneiras, no UFC 21.

Desde então, os brasileiros chegaram perto de conquistar o título em mais três oportunidades: Thiago Pitbull foi derrotado por Georges St-Pierre no lendário UFC 100 e Demian Maia acabou perdendo para Tyron Woodley no UFC 214. Rafael dos Anjos também acabou derrotado por Colby Colvington no UFC 225, mas o cinturão em disputa era apenas interino durante uma das lesões de Woodley.

Gilbert Durinho é tricampeão mundial de jiu-jítsu e atualmente está com 33 anos. Chegou ao UFC ainda invicto em 2014 e hoje ostenta um cartel com 19 vitórias e 3 derrotas, estando invicto desde 2018 em uma sequência de 6 combates. Uma grande curiosidade é o fato de que o lutador está invicto no peso meio-médio, já que suas 3 derrotas aconteceram durante a sua passagem entre os leves.

Para o site de apostas betboo o brasileiro não é favorito para ficar com a vitória. Uma aposta de R$ 1 em Durinho tem o retorno de R$ 2,85, contra R$ 1,44 de retorno para o campeão Kamaru Usman.

O UFC 251 acontecerá no dia 12 de julho e terá três disputas de cinturão em uma mesma noite, na inauguração da famosa “Ilha da Luta” do UFC em Abu Dhabi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *