Demian Maia pode enfrentar Gilbert Durinho no UFC Brasília

O UFC Fight Night que será realizado no Ginásio Nilson Nelson em Brasília no dia 14 de março poderá ser o palco de um duelo de dois faixas-preta de jiu-jítsu, já que a organização estuda com carinho a possibilidade de colocar frente a frente na capital nacional Demian Maia e Gilbert Durinho no co-main event da noite. A ideia partiu do próprio Durinho, que pediu pelo combate em suas redes sociais no início do mês de dezembro.

Mesmo sem ter conquistado o cinturão do UFC nas duas oportunidades que teve, Demian Maia escreveu o seu nome no Ultimate como um dos maiores brasileiros a já ter lutado na organização. Tanto que hoje é o brasileiro recordista de vitórias no maior evento de MMA do mundo.

Maia começou no peso médio em 2007 e desceu para o meio-médio em 2012. Hoje tem um cartel com 28 vitórias e 9 derrotas, vindo com uma boa sequência com 3 vitórias consecutivas. O paulista é 5 vezes campeão mundial de jiu-jítsu.

Já Gilbert Durinho é tricampeão mundial da arte suave. O lutador nasceu em Niterói no Rio de Janeiro e atualmente tem 33 anos contra 42 de Demian.

Durinho estreou no UFC em 2012 e tem atualmente um cartel com 17 vitórias e 3 derrotas, vindo em uma ótima série com 4 vitórias consecutivas incluindo a sua última luta contra Gunnar Nelson no UFC em Copenhague na Dinamarca.

Além deste verdadeiro culto ao jiu-jítsu o UFC já anunciou uma série de combates para a sua visita à Brasília em março. Porém, ainda busca um grande combate para ser a luta principal da noite. Confira abaixo os combates já confirmados:

Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Nikita Krylov

Peso-palha: Amanda Ribas x Paige VanZant

Peso-médio: Antônio Cara de Sapato x Brad Tavares

Peso-mosca: Maryna Moroz x Mayra Sheetara

Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Alexey Kunchenko

Peso-galo: Rani Yahya x Enrique Barzola

Peso-galo: Veronica Macedo x Bea Malecki

Peso-mosca: Jussier Formiga x Brandon Moreno

O UFC Brasília será o primeiro de uma série de 3 eventos que o Ultimate deverá organizar no Brasil em 2020. Embora ainda não exista a confirmação oficial a expectativa é de que São Paulo e Rio de Janeiro sejam as sedes dos demais eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *