Dana White tem medo de remarcar Khabib x Ferguson

Algumas lutas parecem que nunca vão acontecer. São inúmeros os casos de lutas que acabam marcadas e canceladas pelos mais diversos motivos, mas nenhuma delas parece tão impossível de acontecer quanto o encontro entre o russo Khabib Nurmegomedov e o norte-americano Tony Ferguson, que recentemente foi cancelado pela quinta vez. E é baseado nesse histórico que o presidente do UFC Dana White revelou de maneira descontraída ter medo de remarcar essa luta.

A afirmação foi feita na rede social reddit, em resposta a um usuário que perguntou se ele ainda tinha esperanças dessa luta acontecer em 2020:

– “Não muito. Tenho medo do que pode acontecer em seguida se nós tentarmos fazer isso acontecer de novo”.

De fato, não é normal uma luta ser cancelada por 5 vezes consecutivas. A primeira delas foi no já distante ano de 2015, Las Vegas seria palco do combate que faria parte da final do reality show The Ultimate Fighter 22, mas Khabib fraturou uma costela e teve que sair do confronto duas semanas antes.

A segunda vez que a luta foi marcada foi em 2016, quando seria o combate principal do UFC em Tampa, mas dessa vez foi Ferguson que teve que desistir da luta por conta de sangue e fluidos nos pulmões.

Mais um ano se passou e em 2017 o combate entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson valeria o cinturão interino do peso leve do UFC, e novamente Dana White teve que cancelar o combate em cima da hora por conta de o russo ter sido hospitalizado por problemas no corte do peso.

Outro ano se passou e em 2018 o cancelamento mais estranho de toda essa história: Tony Ferguson rompeu os ligamentos do joelho esquerdo após tropeçar em um cabo de câmera em um estúdio de TV.

Com o quinto cancelamento em março desse ano o UFC agora planeja colocar Tony Ferguson em ação contra Justin Gaethje pelo cinturão interino do peso leve no UFC 249 em 9 de maio em Jacksonville na Flórida, tentando marcar uma disputa de cinturão linear apenas quando a pandemia do novo Coronavírus já estiver controlada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *