Dan Hardy e Herb Dean se desentendem no UFC

O UFC se despediu momentaneamente da Ilha da Luta em Abu Dhabi no último sábado, com um evento que teve boas vitórias de brasileiros além de um evento principal da noite com uma luta entre Robert Whittaker e Darren Till. Porém, um acontecimento chamou mais a atenção do que todas as lutas da noite: a discussão entre o comentarista do UFC e ex-lutador Dan Hardy com o árbitro Herb Dean.

A confusão entre os dois aconteceu após o combate entre o brasileiro Francisco Massaranduba e o inglês Jai Herbert, vencida por Massaranduba com um nocaute no terceiro round. O brasileiro acertou um golpe que deixou o inglês caído e sem se defender conscientemente, o que fez com que Dan Hardy que trabalhava no evento como comentarista da transmissão oficial gritasse para que o árbitro Herb Dean parasse a luta.

Vale lembrar que por conta da pandemia do novo Coronavírus todos os eventos estão sendo realizados sem a presença de público, o que faz com que os gritos e até mesmo palavras de todos no local possam ser ouvidos muito mais facilmente.

Paul Felder, outro lutador que trabalhava na transmissão com comentarista do UFC também manifestou o seu descontentamento com a atuação do árbitro:

– “Aquele não é o Herb que nós conhecemos. Ele é um ótimo árbitro, mas nesta noite ele errou duas vezes. E o pior é que Herbert teve uma ótima performance. Ele é um jovem fazendo a sua estreia, e Trinaldo o acertou com tudo. Ele caiu de costas como uma árvore. Herbert estava inconsciente”.

 Após o combate ainda dentro da arena foi possível ver uma discussão ríspida entre Dan Hardy e Herb Dean, com os dois usando as suas redes sociais nos dias seguintes para dar suas versões do ocorrido.

O vice-presidente do UFC David Shaw garantiu ainda em Abu Dhabi que a companhia irá apurar o que aconteceu de fato nesse episódio, ainda que não tenha falado com Herb Dean já que ele não é autorizado a falar com os árbitros durante os eventos, ficando essa função exclusivamente para o vice-presidente de regulamentação da companhia, Marc Rattner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *